Soneto de FIDELIDADE

8 jul

De tudo ao meu amor serei atento
antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
que mesmo em face do maior encanto
dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
e em seu louvor hei de espalhar meu canto
e rir meu riso e derramar meu pranto
ao seu pesar ou em seu contentamento.

E assim quando mais tarde me procure
quem sabe a morte, angústia de quem vive
quem sabe a solidão fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive)
que não seja imortal, posto que é chama
mas que seja infinito enquanto dure.

(Vinícius de Moraes)

Juninho, desculpe-me por tudo de ruim que
já te fiz passar nesses “oito” meses de namoro…
Peço perdão por cada falha, erro, ato ou palavra
dita que vc não gostou! Espero ser mais que uma
namorada pra vc, que vc possa ter sempre prazer
de estar comigo, assim como eu amo estar com
você!!! Um beijo, amor… E feliz “8 MESES DE
NAMORO ADIANTADO”!!! Amo muito você…

Anúncios

Uma resposta to “Soneto de FIDELIDADE”

  1. Rubens 8 de julho de 2005 às 14:50 #

    Esse poema é perfeito…
    Vou repetir uma frase que coloquei no meu blog essa semana: “Não há remédio melhor para o amor ainda do que aquele antigo: o amor retribuído.” (Nietzsche)
    Como vc sabe, há muito eu tinha deixado de acreditar que amar é bom, mas VOCÊ mudou isso. Mudou meu coração, e a cada dia muda mais a minha vida. E não muda pra melhor. Muda para muitíssimo melhor…
    Você trouxe vida à meu mundo que andava vazio e escuro, e eu nunca terei como agradecer o bastante por isso.

    Erros todos cometemos, e cometeremos. Ninguém está imune de errar. Eu também errei muito com você nesse tempo todo, e também peço que me perdõe.

    “Nada vai mudar entre nós. Como eu sei? Eu só sei. Tudo vai permanecer igual, afinal, não há nada a fazer. Eu não nego, eu me entrego, você é meu grande amor, e hoje eu vou te dizer “eu te amo”
    Eu imploro, eu te adoro, você tem meu coração a bater pra você mais uma canção.
    Eu me entrego, eu não nego, eu errei, mas sou capaz de fazer sua vida melhor.
    Tô voltando, não sei quando pra roubar teu coração, vou chegar no final de mais uma canção.”
    (Mais uma canção, Los Hermanos)

    Amo você…
    Bjos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: